“A APAE é feita de esforços e atitudes
transformadoras, motivadas por
integrantes que acreditam no mesmo sonho.”
“Associação de Pais e Amigos
dos Excepcionais

Quem Somos

A APAE de Brusque foi criada há 60 anos a partir da iniciativa do Dr. Carlos e sua esposa D. Ruth de Sá Moritz, que buscavam serviços que pudessem atender seu filho Pierre.

Em 1955, ao retornar a Brusque depois de buscar referências deste tipo de trabalho, Dr. Carlos liderou um movimento para aquisição do terreno e construção da escola que funcionaria nos moldes do Instituto Santa Lúcia do Rio de Janeiro. Em reunião realizada na residência do casal Moritz, no dia 14 de setembro de 1955, com a participação dos senhores: Dr. Carlos Moritz, Oscar Gustavo Krieger, Cyro Gevaerd, Bruno Moritz, Ayres Gevaerd, Bruno Maluche, foi fundada a APAE de Brusque e constituída  a primeira Diretoria “provisória”, tendo como presidente, Dr. Carlos Moritz.

Ao longo desta trajetória, outros pais e amigos foram se juntando à caminhada, visando o fortalecimento  da Entidade e qualificação dos serviços a serem prestados.

Hoje, a APAE de Brusque, diferentemente de outras Entidades do gênero, possui a Clínica de Terapia Integrada Uni Duni Tê que atende crianças de 00 a 06 anos de idade,  o centro educacional especializado no atendimento de pessoas acima de 06 anos de idade e  o centro de Convivência Ruth de Sá.

O Centro de Convivência Ruth de Sá  foi implantado  no ano de 2001, para atender a pessoas com deficiência mental acima de 21 anos ou em processo de envelhecimento, com dependência ou semi-dependência nas atividades de vida diária, sem possibilidade de inserção no mercado competitivo ou protegido, em período integral. Os serviços visam proporcionar aos usuários, através de atividades educativas, de saúde, ocupacionais e de lazer, a manutenção e o desenvolvimento de suas potencialidades físicas, sociais, emocionais e intelectuais, promovendo o bem estar, a qualidade de vida e a inclusão social.

História

1955

Dr. Carlos Moritz e esposa Ruth sentem a necessidade de  educar o filho Pierre em uma perspectiva Educacional e não assistencialista. Em contato com o MEC  no Rio de Janeiro trouxeram a orientação de formar uma APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais que teria como objetivo construir uma escola para crianças deficientes mentais.
Em 14 de Setembro de 1955 é fundada a Associação.

1956

Lançada pedra fundamental do ISI, Instituto Santa Inês, que tem como filosofia - Dimensionar a relação dos indivíduos com o meio social, como agentes participativos e transformadores da realidade, utilizando dos meios que a escola oferece mediando seu crescimento pessoal, poliítico e social, este iniciou as suas atividades em 1958 nas dependências

1958

Em 17 de março de 1958, em duas salas cedidas pela ação Social Paroquial, anexo ao Colégio Santo Antônio, hoje jardim  de infância Divina Providêcia, iniciaram as atividades a Escola "Instituto Santa Inês" com 7 alunas e 3 funcionárias.

1961

Em 20 de Março de 1961, as atividades do Instituto Santa Inês, passaram para o prédio próprio, situado na Avenida Augusto Bauer, 350- Bairro Maluche, contando com  22 alunos e 04 funcionárias.

1991

Criação da Clínica UniDuniTê para atender as necessidades da comunidade, que atua na prevenção das deficiências, acompanhar e intervir no desenvolvimento infantil. 

2001

A Apae preocupada com a falta de serviços oferecidos às pessoas com deficiência intelectual em processo de envelhecimento, criou o Centro de Convivência Ruth de Sá que atende pessoas com comprometimentos severos em regime de semi internato.

 

2004

Em 14 de Abril  o vice presidente Márcio Belli esteve em Campo Grande para a cerimônia de comemoração dos 50 anos do Movimento Apaeano do Brasil. A cerimônia foi organizada pela Federação Nacional das Apaes. Na oportunidade foram homenageadas as Apaes do Rio de Janeiro, Brusque e Volta Redonda.

Diretoria

 Gestão    2017 / 2019

DIRETORIA   EXECUTIVA

sebastiao

Nome: Sebastião Ernani Póia
Função: Diretor Presidente

renato

Nome: Renato Roda
Função: Diretor Vice Presidente

 

Nome: Angela Mendes da Silva Suavi
Função: 1ª Diretora Secretária

teresa

Nome: Maria Tereza Moritz Montibeller
Função: 2ª Diretora Secretária

jose

Nome: José Angelo Cunha Voltolini

Função: 1º Diretor Financeiro

haroldo

Nome: Haroldo Tormena
Função: 2º Diretor Financeiro

marcio

Nome: Marcio Belli
Função: Diretor Social

 

Nome: Ricardo Muller Neto
Função: 1º Diretor de Patrimônio

 

Nome: Eduardo Jonas Imhof
Função: 2º Diretor de Patrimônio

michel

Nome: Michel Gartner Belli
Função: Diretor de Promoção e Eventos

 


 

CONSELHO   DE ADMINISTRAÇÃO

CONSELHO   FISCAL

Maria Lourdes Schulenburg (in memorian)

Efetivo

Mary Maria Pruner

Candido Horacio Godoy

Nicolão Hassmann

Marcio Tamanini

Clara Cristina da Silva Barni

Dr. Sebastião Isfer de Lima

José Anselmo de Modesti

Suplentes

Lucimar da Silva Mafra

Acir Dirschnabel

Odair Carlos Barni

Marisa Gartner Bruns

Sergio Montibeller

Antonio Jomendes Maia

Silvana Cosme de Oliveira

 CONSELHO CONSULTIVO

Eunice Francisco Furtado

José Angelo Cunha Voltolini

Debora Peixer

Marcio Belli

Onildo Cervi

Maria Lourdes Schulenburg (in memorian)

Marcelo Gartner Belli

Marise Bianchini Piazza

Altamir Antonio Schaadt

Luciana Sbardelati Bertolini

 

 

 

Missão / Visão

Visão

“Ser uma referência em inovação e desenvolvimento de serviços que atendam as verdadeiras necessidades das pessoas especiais para sua inclusão social.”

Missão

“É compromisso da APAE de Brusque, inovar na qualidade dos serviços, satisfazendo seus clientes, com ética, respeito às necessidades especiais, ao capital humano, ao meio ambiente, gerando resultados na inclusão social.”

Valores

  • Ética nos relacionamentos.
  • Satisfação de todos.
  • Respeito às necessidades especiais na inclusão social.
  • Responsabilidade social.
  • Sustentabilidade.

 

Trabalho Social

A APAE é uma Organização não Governamental, sem fins lucrativos que atende 250 alunos com Deficiência Intelectual e Múltipla.

Estes atendimentos são realizados através das unidades que a APAE mantém. Cada unidade atende a determinada faiza etária, abrangendo desta forma desde recém-nacidos até idosos.